Informação, gênero e sexualidade: uma análise da comunicação científica do Grupo de Trabalho “Informação & Saúde” - ENANCIB

Palavras-chave: Informação, Gênero, LGBT, Sexualidade.

Resumo

A implantação da Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT) no Brasil representa um avanço em direção ao enfrentamento das condições de exclusão que caracteriza essa população, inclusive no que se refere a pesquisas e estudos que se dediquem, especificamente, a esta temática. Nesse contexto, destaca-se a rede conceitual informação, gênero e sexualidade que se apresenta como domínio temático de possíveis diálogos entre a Ciência da Informação e áreas afins. Definem-se como objeto de estudo as comunicações realizadas no GT-11 - Informação & Saúde do Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação (ENANCIB), no período de 2011 a 2019. Trata-se de uma pesquisa exploratório-descritiva de caráter bibliográfico e abordagem quantitativa. Do universo de 153 (cento e cinquenta e três) comunicações, incluindo trabalhos completos e resumos expandidos, realizadas no período, apenas três tratam expressamente sobre a temática LGBT, sendo um trabalho completo e dois resumos expandidos. Há evidente carência de estudos e pesquisas acerca da rede conceitual informação, gênero e sexualidade. Quando essas são tratadas, tem como referência as de áreas como Biomédicas, Psicologia e Psiquiatria, em uma perspectiva patologizante. Isso demonstra a importância da Política Nacional de Saúde Integral de LGBT como instrumento de produção e promoção da informação nesse contexto.

Biografia do Autor

João Paulo dos Santos Garcia, Universidade Federal de Alagoas
Mestrando em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Alagoas
Nelma Camêlo de Araujo, Universidade Federal de Alagoas
Doutora e Mestra em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professora Adjunto do Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Artes da Universidade Federal de Alagoas.
Edivanio Duarte de Souza, Universidade Federal de Alagoas
Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais. Mestre em  Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba. Graduado em Biblioteconomia pela Universidade Federal da Paraíba. Graduado em Direto pela Universidade Estácio de Sá. Professor Associado co Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Artes da Universidade Federal de Alagoas.

Referências

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO (ANCIB). Grupos de trabalho da ANCIB. 2019. Disponível em: https://www.ancib.org.br/. Acesso em: 21 nov. 2019.

BARRETO, A. A. Perspectivas da Ciência da Informação. Revista de Biblioteconomia de Brasília, v. 21, n. 2, p.156-166, 1997. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/_repositorio/2010/03/pdf_43caaf49d9_0008818.pdf. Acesso em: 22 ago. 2019.

BOCK, A. M. B.; FURTADO, O.; TEIXEIRA, M. L. T. Psicologias: uma introdução ao estudo de psicologia. 13. ed. São Paulo: Saraiva, 2008.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Promulgada em 05 de outubro de 1988. Legislação. [Brasília]. Disponível em http://www.planalto.gov.br. Acesso em: 25 ago. 2019.

BRASIL. Ministério da Saúde. Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais. Brasília: Ministério da Saúde, 2013. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nacional_saude_lesbicas_gays.pdf. Acesso em: 22 ago. 2019.

BRAZ, C. A. Macho versus Macho: um olhar antropológico sobre práticas homoeróticas entre homens em São Paulo. Cadernos Pagu, n. 28, jan./jun. 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/cpa/n28/09.pdf. Acesso em: 22 nov. 2019.

BUCKLAND, M. K. Information as thing. Journal of the American Society for Information Science (JASIS), v. 45, n. 5, p. 351-360, 1991.

CHIZZOTI, A. Pesquisa em Ciências Humanas e Sociais. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2006.

GRACIA, J. P. S.; ARAUJO, N. C. Saúde integral de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais no Brasil. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 20., 2019. Anais [...] Florianópolis: UFSC, 2019. Disponível em: https://conferencias.ufsc.br/index.php/enancib/2019/paper/view/677/593. Acesso em: 20 nov. 2019.

GASPARI, A. Entre bonecas e bichas de pelúcia: A distinção entre “barbies” e “ursos” em praias gays do Rio de Janeiro. Revista olhares sociais – PPGCS – UFRB, v. 2, n. 2, jan. 2012. Disponível em: http://www3.ufrb.edu.br/olharessociais/wp-content/uploads/6-Entre-bonecas-e-bichas-de-pel%C3%BAcia.pdf. Acesso em: 22 nov. 2019.

GEWERH, R. B.; HETKOWSKY, T. M. Sexo e sexualidade no mundo moderno. Contexto e Educação, ano 16, n. 64, p. 81-107, 2001. Disponível em: https://www.revistas.unijui.edu.br/index.php/contextoeducacao/article/view/1191/945. Acesso em: 22 ago. 2019.

GONTIJO, F. Imagens identitárias homossexuais, carnaval e cidadania. In: RIOS, L. F.; ALMEIDA, V.; PARKER, R.; TERTO JR. (Org.). Homossexualidade: produção cultural, cidadania e saúde. Rio de Janeiro: ABIA, 2004. Disponível em: http://www.abiaids.org.br/_img/media/anais%20homossexualidade.pdf. Acesso em: 22 nov. 2019.

JAPIASSU, H. Interdisciplinaridade e patologia do saber. Rio de Janeiro: Imago, 1976.

LAURENTI, R. Homossexualismo e a Classificação Internacional de Doenças. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 18, n. 5, p. 344-347, out. 1984. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89101984000500002. Acesso em: 28 ago. 2019.

LE COADIC, Y. F. A Ciência da Informação. 2. ed. Brasília: Briquet de Lemos, 2004.

LIMA, A.; CERQUEIRA, F. A. Identidade homossexual e negra em Alagoinhas. Revista bagoas, Natal, 2019. Disponível em: http://www.cchla.ufrn.br/bagoas/v01n01art13_limacerqueira.pdf. Acesso em: 22 nov. 2019.

MARSIAJ, J. P. P. Gays ricos e bichas pobres: desenvolvimento, desigualdade socioeconômica e homossexualidade no Brasil. Cad. AEL, v. 10, n. 18/19, 2003. Disponível em: https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/ael/article/view/2511. Acesso em: 22 nov. 2019.

MISOCZKY, M. C. et al. Orientação sexual, classes sociais e territórios de resistência: os conflitos em torno do centro nova olaria - porto alegre sexual. Gestão e sociedade, Belo Horizonte, v. 6 n. 15, p. 254-279, set./dez. 2012. Disponível em: https://www.gestaoesociedade.org/gestaoesociedade/article/download/1643/1025/. Acesso em: 22 mar. 2019.

NASCIMENTO, F. A.; LEITE JUNIOR, F. F.; PINHO, F. A. Tipologias e classificações: um estudo sobre as temáticas de gênero e sexualidade no manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais (DSM). In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO. 16., 2015. Anais [...] João Pessoa: UFPB, 2015. Disponível em http://www.ufpb.br/evento/index.php/enancib2015/enancib2015/paper/view/3097/1271. Acesso em: 15 set. 2019

POMBO, O. Interdisciplinaridade: conceito, problema e perspectiva. In: POMBO, O. A interdisciplinaridade: reflexão e experiência. Lisboa: Universidade de Lisboa, 1993. Disponível em: https://webpages.ciencias.ulisboa.pt/~ommartins/mathesis/interdisciplinaridade.pdf. Acesso em: 22 ago. 2019.

RODRIGUES, É. G.; SILVA, C. H.; ARAÚJO, I. S. Gênero e Produção Científica: um panorama sobre pessoas transgêneras. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 17., 2017. Anais [...] Marília: UNESP, 2017. Disponível em: http://enancib.marilia.unesp.br/index.php/xviiienancib/ENANCIB/paper/viewFile/105/895. Acesso em: 15 set. 2019

SARACEVIC, T. Information Science. In: BATES, M.; MAACK, M. N. (Ed.). Encyclopedia of Library and Information Science. New York: Taylor & Francis, 2009.

VIANA, A. F.; OLIVEIRA, D. A. A produção científica acerca da temática LGBT: um estudo propedêutico nas teses e dissertações na UFMG. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 18., 2017. Anais [...] Marília: UNESP, 2017. Disponível em: http://enancib.marilia.unesp.br/index.php/xviiienancib/ENANCIB/paper/viewFile/182/1087. Acesso em: 25 ago. 2019.

Publicado
2020-01-28