Ambiência da Biblioteca Universitária e a Concepção de um Sistema Integrado na Universidade Federal do Espírito Santo | University Library Ambience And The Design Of A System Integrated In The Universidade Federal Do Espírito Santo

  • Sandra Maria Souza de Carvalho PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA-ES; UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO – UFES; Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES, 29075-910 http://orcid.org/0000-0002-7418-1874
  • Rosa da Penha Ferreira da Costa UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO – UFES; Doutora em Ciência da Informação (Dinter Unb/UFES), Coordenadora do Mestrado em Ciência da Informação (PPGCI/UFES) http://orcid.org/0000-0001-5383-6723
  • Lucileide Andrade de Lima do Nascimento UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO – UFES; Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES, 29075-910 <http://www.biblioteconomia.ufes.br/lucileide-andrade-de-lima-do-nascimento> https://orcid.org/0000-0001-8176-5301
  • Marcelo calderari miguel UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO – UFES / Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas - CCJE. Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES, 29075-910 http://orcid.org/0000-0002-7876-9392
Palavras-chave: Biblioteca universitária. Representação da informação. Sistema de informação. Recuperação da informação.

Resumo

Analisa a ambiência da Biblioteca Universitária e as percepções em torno de sua concepção no Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade Federal do Espírito Santo - UFES. Para tal, o estudo busca para estudo de caso o sistema de bibliotecas do multicampi da UFES no Estado do Espírito Santo. Utiliza pesquisa do tipo exploratório-descritiva com abordagem de natureza descritiva. Os resultados indicam que a política de indexação é fundamental para a rentabilização do fluxo de informação, por meio da organização e da representação da informação. Conclui que a biblioteca poderá e deverá estabelecer a sua política de indexação com base na necessidade do seu usuário a fim de permitir uma recuperação em menor tempo e com nível de precisão adequado ao usuário.

Palavras-Chave: Biblioteca universitária. Representação da informação. Sistema de informação. Recuperação da informação.

 

ABSTRACT: It analyzes the ambience of the University Library and the perceptions around its conception in the Integrated Library System of the Universidade Federal do Espírito Santo - UFES. To this end, the study seeks for a case study of the UFES multicampi library system in the State of Espírito Santo. It uses exploratory-descriptive research with a descriptive approach. The results indicate that the indexing policy is fundamental for the profitability of the information flow, through the organization and representation of the information. It concludes that the library can and should set its indexing policy based on the needs of its user in order to allow faster retrieval and user-specific accuracy.

Keywords: University library. Information representation. Information system. Information retrieval.

Biografia do Autor

Sandra Maria Souza de Carvalho, PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA-ES; UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO – UFES; Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES, 29075-910
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO – UFES, Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Atuante no ramo da Ação e Animação cultural, desenvolvendo trabalhos sociais e educativos em bibliotecas escolares <sandramsc@hotmail.com >
Rosa da Penha Ferreira da Costa, UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO – UFES; Doutora em Ciência da Informação (Dinter Unb/UFES), Coordenadora do Mestrado em Ciência da Informação (PPGCI/UFES)
Drª em Ciência da Informação (Dinter Unb/UFES - 2012-2016). Possui Mestrado em Artes pela Universidade Federal do Espírito Santo (2012), graduação em Biblioteconomia (1990), em Artes Plásticas (1995) e em Arquivologia (2006). Atualmente é professora adjunto do Departamento de Arquivologia, da Universidade Federal do Espírito Santo. Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Arquivologia, atuando principalmente nos seguintes temas: fotografia, memória, cidade, preservação de documentos, arquivologia; arquivos universitários; arquivos municipais, política arquivística, classificação de documentos, arquivos de processo de criação, patrimônio histórico, artístico e cultural. Coordenadora do Mestrado em Ciência da Informação (PPGCI/UFES); Coordenadora do Programa de Extensão 'Arquivo Permanente: Em busca da Memória Institucional da UFES'; Coordenadora do Núcleo de Pesquisa 'Tabularium - Políticas de Arquivos: Observatório no Estado do Espírito Santo'; Coordenadora do Núcleo de Preservação da Informação (Nupi); Coordenadora de TCC do Curso de Arquivologia; Coordenadora do Laboratório de Ensino 2, do Curso de Arquivologia. Membro da Comissão Central de Avaliação de Documentos (CCAD) da UFES; Membro do Núcleo Docente Estruturante (NDE).CV: http://lattes.cnpq.br/3409664107216795
Lucileide Andrade de Lima do Nascimento, UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO – UFES; Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES, 29075-910 <http://www.biblioteconomia.ufes.br/lucileide-andrade-de-lima-do-nascimento>

Doutora em Ciencias da Informação, Dinter UnB/UFES (atual), mestre em Política Social pelo Programa de Pós-Graduação em Política Social da Universidade Federal do Espírito Santo (2007, especialista em Educação a Distância pela Universidade Federal de Mato Grosso (2002), especialista em Politica e Sociedade pela Pontificia Universidade Católica de Minas Gerais (1995) e  graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Espírito Santo (1991).

Possui experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Organização e Tratamento da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: Políticas públicas, Educação a Distância, Atuação profissional, Biblioteca pública, Formação de leitores e Biblioteca escolar.
 

Áreas:
Organização e Tratamento da Informação

http://lattes.cnpq.br/5544177179431479

Marcelo calderari miguel, UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO – UFES / Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas - CCJE. Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES, 29075-910
Pós-graduando do curso de Matemática Financeira e Estatística, Bacharel em Biblioteconomia (Ufes); Bacharel em Ciência Contábeis pela Faculdade de Estudos Administrativos de Minas Gerais (FEAD); e Discente de Iniciação Científica do curso de Administração (Ufes) - UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO – UFES / Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas - CCJE. Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES, 29075-910 Email: <marcelocalderari@yahoo.com.br>. 

Referências

ARAÚJO, E. A.; OLIVEIRA, M. de. A produção de conhecimento e a origem das bibliotecas. In: OLIVEIRA, M. de (coord.). Ciência da Informação e Biblioteconomia: novos conteúdos e espaços de atuação. Belo Horizonte: UFMG, 2008. p. 29-43.

BARITÉ, M. et al. Garantia literária: elementos para uma revisão crítica após um século. TransInformAção, Campinas, v. 22, n. 2, p. 123-138, maio/ago., 2010. Disponível em: http://revistas.puc-campinas.edu.br/transinfo/viewarticle.php?id=406 . Acesso em: 12 jul. 2019.

BIBLIOTECA. In: CUNHA, M. B.; CAVALCANTI, C. R. Dicionário de Biblioteconomia e Arquivologia. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 2008. p. 48.

CARNEIRO, M. V. Diretrizes para uma política de indexação. Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG. Belo horizonte, n. 14, v. 2, p. 221-241, set. 1985.

COORDENAÇÃO DE APERFEIÇOAMENTO DE PESSOAL DE NÍVEL SUPERIOR (CAPES). Acervo: Acesso por UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO, 2019. Disponível em: https://www-periodicos-capes-gov-br.ez43.periodicos.capes.gov.br/index.php?option=com_pcollection. Acesso em: 10 maio 2019.

COSTA, R. P. F.; MIGUEL, M. C. Informação, memória institucional e produção acadêmica: o legado da Ufes na Web of Science (2009-2018). Revista de Gestão e Avaliação Educacional, [S.l.], p. 1-17, set. 2019. ISSN 2318-1338. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/regae/article/view/39273. Acesso em: 06 nov. 2019.

DODEBEY, V. L. D. Linguagem documentária. In: DODEBEY, V. L. D. Tesauro: linguagem de representação da memória documentária. Niterói: Intertexto, 2002, p. 39-76.

FUJITA, M. S. L.; RUBI, M. P. O ensino de procedimentos de política de indexação na perspectiva do conhecimento organizacional: uma proposta de programa para a educação à distância do bibliotecário. Perspect. ciênc. inf., Belo Horizonte, v. 11, n. 1, p. 48-67, abr. 2006 . Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-99362006000100005. Acesso em: 29 jun. 2019.

FUJITA, M. S. L.; SANTOS, L. B. P. Política de indexação em bibliotecas universitárias: estudo diagnóstico e analítico com pesquisa participante. TransInformAção, Campinas, v. 28, n. 1, p. 59-76, abr. 2016. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/2318-08892016002800005 . Acesso em: 28 jun. 2019.

FURTADO, J. S. Conceitos e tipologias em Ciência e Tecnologia e sua influência na publicação de informações. Ciência da Informação. Brasília, v. 10, n. 1, p. 13-18, 1981.

GUIMARÃES, J. A. C. As políticas de indexação como elemento para a gestão do conhecimento nas organizações. In: VIDOTTI, S. A. B. Gregório (org.). Tecnologia e conteúdos informacionais: abordagens teóricas e práticas. São Paulo: Polis, 2004.

INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA. In: CUNHA, M. B.; CAVALCANTI, C. R. Dicionário de Biblioteconomia e Arquivologia. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 2008. p. 202.

LANCASTER, F. W. A prática da indexação. In: LANCASTER, F. W. Indexação e resumos: teoria e prática. Brasília: Briquet de Lemos, 2004.

RUBI, M. P.; FUJITA, M. S. L. Política de indexação na catalogação de assunto em bibliotecas universitárias: a visão sociocognitiva da atuação profissional como protocolo verbal. RDBCI. Campinas, v. 7, n. 2, p. 118-150, jan./jun. 2010.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. A instituição. Vitória, [2019?]. Disponível em: http://www.ufes.br/institui%C3%A7%C3%A3o. Acesso em: 20 out. 2019.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Ensino a distância (EAD). Vitória: UFES, [2018?]. Disponível em: http://ufes.br/ensino-dist%C3%A2ncia-ead. Acesso em: 31 out. 2019.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. História. Vitória, [2016?]. Disponível em: http://www.ufes.br/hist%C3%B3ria. Acesso em: 20 mar. 2019.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. PDI: Plano de Desenvolvimento Institucional, 2015-2019. Vitória, 2015. Disponível em: http://www.proplan.ufes.br/sites/proplan.ufes.br/files/field/anexo/pdi_-_2015-2019_1.88mb_.pdf. Acesso em: 20 mar. 2019.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Sistema Integrado de Bibliotecas: quem somos. Vitória: UFES, ago. 2019. Disponível em: http://www.biblioteca.ufes.br/quem-somos/. Acesso em: 31 out. 2019.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Ufes em números. Vitória: UFES, 2017. Disponível em: http://ufes.br/ufes-em-n%C3%BAmeros. Acesso em: 31 out. 2019.

Publicado
2020-01-28