ESTUDO DE CASO DA DISCIPLINA GÊNERO EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO NA UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA

  • Daniella Alves Universidade Federal da Paraíba
  • Fernanda Silva Costa Universidade Federal da Paraíba
  • Laelson Felipe da Silva Universidade Federal da Paraíba
  • Gisele Rocha Cortes Universidade Federal da Paraíba
  • Edvaldo Carvalho Alves Universidade Federal da Paraíba
Palavras-chave: Ciência da Informação, Estudo de Gênero

Resumo

Apresenta a experiência da disciplina Gênero em Ciência da Informação na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), oferecida pelo Departamento de Ciência da Informação, que teve como público-alvo os (as) alunos (as) de graduação em Biblioteconomia e Arquivologia. Tem como problemática apreender a visão dos (as) alunos (as) sobre o significado da disciplina em sua formação. Assim, pretende, por meio dos objetivos específicos, apresentar um breve perfil dos (as) discentes que cursaram a disciplina e a ótica dos (as) mesmos (as) a respeito da influência da disciplina em sua formação, no quesito ensino-aprendizagem, teorias e metodologias, e sua contribuição para a construção de conhecimento sobre as teorias de gênero e a Ciência da Informação. Para a coleta de dados, foi utilizado o questionário eletrônico enviado por e-mail para os sujeitos da pesquisa. A análise/interpretação alicerçou-se nos conceitos constitutivos do referencial teórico. Foi possível constatar como a disciplina foi apreendia pelos alunos como necessária para as suas formações, principalmente, no que diz respeito ao entendimento da natureza social da categoria gênero e de sua imbricação com a Ciência da Informação.

Biografia do Autor

Gisele Rocha Cortes, Universidade Federal da Paraíba
Graduada em Pedagogia (1996) e Ciências Sociais (1998) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Possui Mestrado (2002) e Doutorado (2008) em Sociologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Atualmente é professora adjunto IV do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba e professora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba (PPGCI/UFPB).
Edvaldo Carvalho Alves, Universidade Federal da Paraíba
Possui Graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Paraíba (2000), Mestrado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Carlos (2002) e Doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Carlos (2007). Atualmente é Professor Associado do Departamento de Ciência da Informação - DCI/ UFPB e do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação - PPGCI/UFPB.

Referências

ALVES, E. C.; TAVERES, D. W. S. Olhares transversos: representações sociais dos alunos de arquivologia e biblioteconomia da UFPB sobre o curso e a profissão arquivista. Biblionline, v. 6, n. esp., 2011.

CARNEIRO, S. Enegrecer o feminismo: a situação da mulher negra na América Latina a partir de uma perspectiva de gênero. Takano Editora, 2003

CNPQ. GEPSI - Grupo de Estudo e Pesquisa em Sociologia e Informação. 2011. Disponível em: <http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/2888339416100771>. Acesso em: 10 jan. 2018.

CÔRTES, G. R.; ALVES, E. C.; SILVA, L. K. B. R. Mediação da informação e violência contra mulheres: disseminando dados quantitativos no centro estadual de referência da mulher Fátima Lopes. Tendências da Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação, v. 8, n. 2, p. 3-1, 2015.

CRIPPA, G. O pensamento da diferença e a mediação da informação institucional em bibliotecas públicas: considerações teóricas sobre mediação de gênero. Tendências da Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação, v. 4, n. 1, 2011.

LOURO, G. L. Gênero e sexualidade: pedagogias contemporâneas. Pro-Posições, v. 19, n. 2, p. 17-23, ago. 2008

MARTELETO, R. M. Jovens, violência e saúde: construção de informações nos processos de mediação e apropriação de conhecimentos. RECIIS: R. Eletr. de Com. Inf. Inov. Saúde, Rio de Janeiro, v. 3, n. 3, p. 17-24, set. 2009.

SANTOS, R. N. R.; TARGINO, M. G.; FREIRE, I. M. A temática diversidade sexual na Ciência da Informação: a perspectiva da responsabilidade social. Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação, v. 4, n. 1, p. 114-135, 2017.

SCOTT, J. Gênero: Uma categoria útil de análise histórica. Educação e Realidade, v.20, n. 2, jul./dez., 1995.

Publicado
2018-11-09