A IMPORTÂNCIA DA DISCIPLINA DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO PARA A FORMAÇÃO DE MUSEÓLOGOS

  • Ranielle Menezes Figueiredo Universidade Federal de Sergipe
  • Sura Souza Carmo Universidade Federal de Sergipe
Palavras-chave: Ciência da Informação, Museologia, Formação profissional, Interdiciplinaridade, Diretrizes curriculares

Resumo

Este trabalho tem como objetivo identificar a importância da Ciência da Informação na formação de museólogos sob uma perspectiva interdisciplinar, com foco na análise das diretrizes curriculares dos catorze cursos de graduação em Museologia no Brasil. Como objetivos específicos, procurou-se identificar as disciplinas relacionadas à Ciência da Informação ministradas nos cursos de graduação de Museologia no Brasil e analisar a
contribuição dessas disciplinas no desenvolvimento do pensamento museológico. Como referencial, foram apresentados teóricos de Museologia, Ciência da Informação e autores que discutem a interdisciplinaridade entre as áreas. A metodologia utilizada consistiu em fazer um levantamento bibliográfico de acordo com os temas teoricamente empregados e a tabulação dos cursos para análise. Os resultados mostram que a Ciência da Informação, nos cursos de museologia, está vinculada tanto às pesquisas de acervos, em que se tem o objeto museológico como agente de informação, quanto à construção de significados no processo de comunicação em museus. No decorrer da pesquisa, foi possível constatar que em todos os cursos existem disciplinas que fortalecem a interdisciplinaridade em diferentes instâncias,
sejam teóricas ou práticas, com foco em linhas de pesquisa específicas, especialmente na organização e na transferência da informação.

Biografia do Autor

Ranielle Menezes Figueiredo, Universidade Federal de Sergipe
Graduada em museologia pela Universidade Federal de Ouro Preto (2013), com período sanduíche na Universidade do Porto. É mestre em Ciências, Museologia e Patrimônio pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2016). Atualmente é professora substituta da Universidade Federal de Sergipe, Departamento de Museologia.
Sura Souza Carmo, Universidade Federal de Sergipe
Graduada em Museologia pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (2012) e Mestre em História pela Universidade Federal de Sergipe (2016). Professora Assistente II do Departamento de Museologia (DMS-UFS). Atualmente é Coordenadora do Laboratório de Conservação Preventiva (2013-atual) e Coordenadora de Estágio do Departamento de Museologia (2016-atual).

Referências

DIAS, Eduardo Wense. O específico da Ciência da Informação. In: AQUINO, Miriam de Albuquerque (Org.). O campo da Ciência da Informação: gênese, conexões e especificidades. João Pessoa: UFPB, 2002. p. 87-99.

FERREZ, Helena Dodd. Documentação museológica: teoria para uma boa prática.Cadernos de Ensaio: estudos de Museologia, Rio de Janeiro, n. 2, p. 65-74, 1994.

LE COADIC, Yves-François. A Ciência da Informação. 2. ed. Brasília, DF: Briquet de Lemos, 2004.

LIMA, Diana; COSTA, Igor. Ciência da informação e museologia: estudo teórico de termos e conceitos em diferentes contextos: subsídio à linguagem documentária. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA E ENSINO DA INFORMAÇÃO, 7., 2007, Salvador. Anais... Salvador: UFBA, 2007.

_____. Museologia e patrimônio interdisciplinar do campo: história de um desenho (inter)ativo. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 8., 2007, Salvador. Anais Eletrônicos… Salvador: ANCIB; PPGCIUFBA, 2007, p. 1-14. Disponível em: <http://www.enancib.ppgci.ufba.br/artigos/DMP--

pdf>. Acesso em: 16 mar. 2018.

PINHEIRO, Lena Vania Ribeiro. Confluências Interdisciplinares entre Ciência da Informação e Museologia. Museologia & Interdisciplinaridade. Revista do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade de Brasília, v.1, n.1,

jan./jul. 2012. Disponível em: <http://periodicos.unb.br/index.php/museologia/article/view/6840/6049>. Acesso em: 3 maio 2018.

Publicado
2018-11-09